sicnot

Perfil

Desporto

"Bruno de Carvalho deve estar a confundir-me com Pedro Proença"

Luís Duque rebateu hoje as acusações do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, aconselhando-o "a pedir explicações" ao candidato que apoiou para a presidência da Liga, Pedro Proença, o qual "sempre atacou publicamente o sorteio".

LUSA

"O presidente do Sporting deve estar a confundir-me com o candidato que ele agora apoia às eleições para a presidência da Liga, candidato esse que andou a fazer campanha contra o sorteio dos árbitros", disse à Agência Lusa o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

O presidente da Liga alegou ter "defendido publicamente e no atual contexto a opção maioritária dos clubes pela realização do sorteio dos árbitros de forma transitória, até se procederem às melhorias de que o setor da arbitragem carece".

Luís Duque lembrou ainda ter feito hoje, em plena Assembleia Geral da FPF, "a defesa dos clubes e do sorteio dos árbitros" e de ter-se feito acompanhar "por um parecer jurídico que sustentava a legalidade do sorteio", a rebater outro parecer que lhe tinha sido enviado pelo presidente da Assembleia Geral da FPF, José Luís Arnaut, em sentido oposto.

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, acusou hoje, em declarações à Sporting TV, na cidade do Cabo, na África do Sul, Luís Duque de não ter estado à altura de defender os interesses dos clubes na Assembleia Geral da FPF, pelo facto desta ter chumbado a proposta do sorteio dos árbitros preconizada pela maioria dos clubes.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19