sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Santos rejeita ideia de Portugal ter um grupo fácil para o Mundial2018

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, rejeitou hoje a ideia de que Portugal ficou sorteado num grupo fácil no apuramento para o Mundial2018, com Suíça, Hungria, Ilhas Faroé, Letónia e Andorra.

© Hugo Correia / Reuters

"É preciso ter muita atenção, porque não é um grupo tão fácil como se calhar já se vai já começar a dizer a partir deste momento", disse Fernando Santos, ao sítio da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O técnico português disse que Portugal "parte, naturalmente, como um dos favoritos", mas deixou claro que "isso aconteceria em qualquer grupo em que Portugal participasse".

Fernando Santos salientou a qualidades dos adversários, nomeadamente da Suíça, "uma equipa que tem evoluído muito, muito, muito".

Quanto à Hungria, "também é uma equipa que neste momento está em fase de crescimento, tem um treinador novo e tem muita ambição. Eu sei porque um dos convites que tinha antes de vir para a seleção portuguesa era da Hungria. Sei a aposta forte que querem fazer".

"Depois, temos uma seleção que as pessoas irão pensar que não é muito forte, que é o caso das Ilhas Faroé. É verdade que em termos de ranking não está ao nosso nível, mas venceu a Grécia nos últimos dois jogos", lembrou

De acordo com Fernando Santos, "é bom que se tenha muita atenção a estas equipas", mas mesmo às outras.

"A Letónia é uma equipa que eu conheço bem. Defrontei-a quatro vezes, nos apuramentos para o Mundial2012 e o Europeu2014. Não são jogos fáceis", disse.

E ainda há Andorra: "Se queremos ganhar... é obrigatório ganhar".

Quanto ao número de seleções, Fernando Santos congratulou-se por Portugal ter ficado num grupo de seis e não de cinco, como na corrida do Europeu de 2016.

"Fiquei satisfeito por ficar num grupo de seis equipas, porque os jogos particulares, no meio, causam sempre alguma estranheza no planeamento. Nesse aspeto, fiquei satisfeito", frisou.

Em conclusão e apesar de todas as dificuldades, Fernando Santos não tem dúvidas: "O objetivo é estar presentes (na fase final). Seria sempre, independentemente do sorteio".

Antes do Mundial2018 ainda vem, porém, o Europeu: "Primeiro, estou preocupado com o Euro2016, no bom sentido da palavra. Isso é que me interessa, mas, para o futuro... dizer já que nada é fácil".

Lusa

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35

    País

    A data para as próximas eleições autárquicas já gerou consenso. 1 de outubro é a data pedida pelos vários partidos ouvidos esta segunda-feira por António Costa. Na próxima quinta-feira, no Conselho de Ministros, o dia de ir às urnas vai ser escolhido.