sicnot

Perfil

Desporto

Britânico Chris Froome vence a Volta a França

O ciclista britânico Chris Froome (Sky) venceu hoje a 102.ª Volta a França, cortando a meta alinhado com a sua equipa no final da 21.ª e última etapa, ganha pelo alemão André Greipel (Lotto Soudal).

© Benoit Tessier / Reuters

Froome, que venceu a 10.ª etapa e andou 16 dias de amarelo, 15 dos quais de forma consecutiva, sucede no palmarés da maior prova velocipédica do calendário ao italiano Vincenzo Nibali (Sky), sendo acompanhado no pódio pelo colombiano Nairo Quintana e pelo espanhol Alejandro Valverde, ambos da Movistar.

Na 21.ª e última etapa, o melhor foi, pela quarta vez, André Greipel, que bateu ao 'sprint' o francês Bryan Coquard (Europcar) e o norueguês Alexander Kristoff (Katusha), cumprindo os 109,5 quilómetros entre Sévres e Paris em 02:49.41 horas.

Nelson Oliveira (Lampre-Merida), que andou em fuga e foi apanhado a sete quilómetros da meta, Tiago Machado (Katusha) e José Mendes (Bora-Argon 18) foram os resistentes portugueses que chegaram a Paris, com os três a concluírem a sua segunda presença na Volta a França.

Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.