sicnot

Perfil

Desporto

Kevin De Bruyne, do Wolfsburgo, eleito o futebolista do ano na liga alemã

O belga Kevin De Bruyne, colega do português Vieirinha no Wolfsburgo, foi eleito hoje o futebolista do ano da liga alemã de futebol, numa votação promovida pela revista Kicker.

© Fabian Bimmer / Reuters

O internacional belga venceu por larga margem a votação: recolheu 367 dos 815 votos e deixou para trás Arjen Robben (94) e Manuel Neuer, ambos do Bayern de Munique.

"Ser eleito o melhor jogador em outro país significa muito", comentou o avançado, que, segundo a imprensa, está a ser cobiçado pelos ingleses do Manchester City, dispostos a pagar 85 milhões de euros pelo belga.

De Bruyne é o quinto jogador estrangeiro a receber este prémio, promovido pela Kicker há 56 anos, sucedendo a Neuer, que recebeu o galardão em 2014.

O técnico do Wolfsburgo, Dieter Hecking, foi eleito o treinador do ano.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.