sicnot

Perfil

Desporto

Polícia turco morre em confrontos com manifestantes em Istambul

Um polícia turco morreu hoje no seguimento dos confrontos entre manifestantes em Gazi, distrito de Istambul, onde nos últimos três dias houve uma escalada de violência depois da morte do ativista Gunay Ozaslan durante uma operação policial.

© Stringer Turkey / Reuters

O polícia Muhammet Fatih Sivri foi alvejado no peito, no interior de um edifício, enquanto tentava fazer detenções, depois de um longo dia de confrontos, segundo a agência de notícias turca Anatolia, que acrescenta que o polícia ainda foi levado para o hospital, mas que acabou por sucumbir aos ferimentos.

Ao terceiro dia de conflitos na zona de Gazi, os manifestantes envolveram-se com as forças de segurança, tendo alguns atirado pedras e 'cocktails molotov' à polícia, que respondeu com canhões de água, balas de borracha e gás lacrimogéneo, segundo descreveu um fotojornalista da AFP.

Alguns manifestantes fortificaram as suas posições, erigindo barricadas no meio da rua, enquanto outros subiram aos telhados para atirar 'cocktails Molotov' aos polícias, descreveu a mesma fonte.

Os manifestantes protegeram-se do gás lacrimogéneo enrolando lenços à volta do nariz e da boca ou usando máscaras de gás.

A tensão no distrito de Gazi, localizado no norte do centro da cidade de Istambul, mantém-se desde a morte do ativista de esquerda Gunay Ozaslan na sexta-feira, durante uma operação policial a nível nacional que pretendia reprimir supostos militantes grupo radical Estado Islâmico, na Síria e do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), no norte do Iraque.

Lusa

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.