sicnot

Perfil

Desporto

Federação italiana aceita inscrição do Parma nos escalões amadores

A Federação Italiana de Futebol aprovou esta segunda-feira a inscrição do Parma nos escalões amadores do futebol italiano, depois de nenhum comprador ter apresentado uma proposta de compra do clube, que se encontra em processo de falência.

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante 'staff'. (Arquivo)

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante 'staff'. (Arquivo)

© Alessandro Garofalo / Reuters

O clube, que adotará a designação "Parma Calcio 1913", terá de formalizar a sua inscrição até 04 de agosto, adiantou a federação em comunicado.

O vice-presidente do novo clube, Marco Ferrari, saudou a perspetiva de reinício da atividade da formação, afirmando: "Finalmente podemos começar. Não há tempo a perder porque temos muito trabalho pela frente".

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante 'staff'.

Sem um comprador, o Parma, que este ano contou com os portugueses Pedro Mendes e Silvestre Varela, enfrentava já a perspetiva de ser relegado para a Série D, quarto escalão do futebol italiano.

Chegou a ser noticiada a possibilidade do italo-americano Mike Piazza e do italiano Giuseppe Corrado avançarem com propostas, mas acabaram por não se concretizar.

Apesar de nunca ter vencido a Liga italiana, o Parma conquistou duas Taças UEFA, três Taças de Itália, um Supertaça Europeia e uma Taça das Taças.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.