sicnot

Perfil

Desporto

Federação italiana aceita inscrição do Parma nos escalões amadores

A Federação Italiana de Futebol aprovou esta segunda-feira a inscrição do Parma nos escalões amadores do futebol italiano, depois de nenhum comprador ter apresentado uma proposta de compra do clube, que se encontra em processo de falência.

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante 'staff'. (Arquivo)

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante 'staff'. (Arquivo)

© Alessandro Garofalo / Reuters

O clube, que adotará a designação "Parma Calcio 1913", terá de formalizar a sua inscrição até 04 de agosto, adiantou a federação em comunicado.

O vice-presidente do novo clube, Marco Ferrari, saudou a perspetiva de reinício da atividade da formação, afirmando: "Finalmente podemos começar. Não há tempo a perder porque temos muito trabalho pela frente".

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante 'staff'.

Sem um comprador, o Parma, que este ano contou com os portugueses Pedro Mendes e Silvestre Varela, enfrentava já a perspetiva de ser relegado para a Série D, quarto escalão do futebol italiano.

Chegou a ser noticiada a possibilidade do italo-americano Mike Piazza e do italiano Giuseppe Corrado avançarem com propostas, mas acabaram por não se concretizar.

Apesar de nunca ter vencido a Liga italiana, o Parma conquistou duas Taças UEFA, três Taças de Itália, um Supertaça Europeia e uma Taça das Taças.

Lusa

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00

    País

    O episódio de hoje de Vidas Suspensas envolve uma médica dentista norte-americana e um português. Um exemplo do que acontece a muitos portugueses que casam com estrangeiros: quando se divorciam, coloca-se a questão de saber para que país vão os filhos.

    Hoje na SIC

  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Tubarão com 2,7 metros salta para dentro de barco e ataca pescador

    Mundo

    Um australiano foi atacado por um tubarão branco quando estava a pescar na sua embarcação, em Evan Heads, Nova Gales do Sul, na costa Este da Austrália. O animal, com cerca de 200 quilos e 2,7 metros de comprimento, saltou para dentro do barco, derrubou o pescador e mordeu-lhe no braço.

    SIC