sicnot

Perfil

Desporto

Secretário de Estado do Desporto garante sanções para quem não cumprir pressupostos

O secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, disse esta segunda-feira que quem não cumprir com os requisitos legais exigidos no futebol português sofrerá as sanções previstas.

O secretário de Estado afirmou respeitar "na íntegra a autonomia do movimento desportivo". (Arquivo)

O secretário de Estado afirmou respeitar "na íntegra a autonomia do movimento desportivo". (Arquivo)

SIC

Questionado sobre as dúvidas levantadas pelo Gil Vicente sobre a falta de cumprimento de alguns pressupostos financeiros pelo Boavista e Vitória de Setúbal, disse não ter informação sobre isso, "mas se existirem [os clubes] serão sancionados conforme a lei"

"Não tenho informação de haver não pagamentos, mas se existirem serão sancionados conforme prevê a lei, não vai haver regime de favor para ninguém. As leis são para se cumprirem e estamos cá para zelar pelo cumprimento das mesmas", disse.

O secretário de Estado disse ainda respeitar "na íntegra a autonomia do movimento desportivo".

"Fazemos o que está na nossa esfera de atuação que é garantir aos portugueses que a lei vai ser cumprida porque isso é que garante a verdade desportiva", disse, acrescentando "não ter indicações que a lei não tenha sido cumprida nos últimos anos".

Informou também não ter sido contactado pelo clube de Barcelos por causa desta questão.

Sobre o ato eleitoral de terça-feira para a liderança da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), que porá em confronto Luís Duque e Pedro Proença, o governante mostrou-se tranquilo.

"Os clubes vão escolher livremente, a Liga é um órgão independente, privado, nós lidamos com a Federação Portuguesa de Futebol, que é quem tem utilidade pública desportiva delegada pelo Estado", disse à margem da assinatura de um protocolo com o Sporting de Braga para a criação do cartão jovem para associados do clube minhoto.

Disse ainda que não cabe ao governo interferir na procura de soluções para o setor da arbitragem no futebol português.

"Não cabe ao Estado interferir na definição de soluções, mas criar legislação de suporte. Há pouco mais de um ano, fez alterações no estatuto das federações desportivas para acertar algumas coisas que não estavam bem, o resto é a gestão do futebol e pertence ao futebol. Não tenho que estar preocupado nem despreocupado. Vejo que o debate está a fazer-se dentro das regras e, no final, a maioria escolhe. Depois vamos verificar se o que foi aprovado está dentro da esfera legal", disse.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • As polémicas do primeiro mês de Donald Trump como Presidente
    3:17
  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.