sicnot

Perfil

Desporto

Zico pede apoio da Confederação Brasileira para se candidatar à presidência da FIFA

O antigo futebolista Zico enviou uma carta à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a pedir o apoio à sua candidatura à presidência da FIFA, cujas eleições estão marcadas para fevereiro de 2016.

Zico anunciou a 10 de junho o interesse em candidatar-se à presidência da FIFA, para suceder a Joseph Blatter, que se tinha demitido uma semana antes. (Arquivo)

Zico anunciou a 10 de junho o interesse em candidatar-se à presidência da FIFA, para suceder a Joseph Blatter, que se tinha demitido uma semana antes. (Arquivo)

Osama Faisal / AP

O atual treinador do Goa FC, da Índia, precisa do apoio de uma federação nacional para concorrer ao cargo, além de cartas de outras cinco federações.

"Pretendo aguardar uma semana pela resposta da CBF. Ainda não pensei em alternativas", afirmou Zico, citado pelo UOL.

A CBF confirmou ter recebido o pedido do ex-futebolista, mas ainda não o analisou, segundo o portal de notícias UOL.

Zico anunciou a 10 de junho o interesse em candidatar-se à presidência da FIFA, para suceder a Joseph Blatter, que se tinha demitido uma semana antes, na sequência de um escândalo de corrupção que abalou o organismo máximo do futebol.

Lusa

  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.