sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho diz que Benitez destruiu no Inter a melhor equipa da Europa

O treinador do Chelsea, José Mourinho, acusou Rafael Benitez, técnico do Real Madrid, de destruir "a melhor equipa da Europa em seis meses", declarações após a vitória sobre o FC Barcelona na International Champions Chup de futebol.

reuters

O treinador português referia-se na terça-feira à noite ao Inter de Milão, equipa que treinou entre 2008 e 2010 e na qual se sagrou, na altura, bicampeão italiano e campeão europeu.

Depois de rumar ao Real Madrid, o técnico foi substituído por Rafael Benitez no comando técnico dos milaneses.

Após o triunfo sobre os campeões espanhóis, no desempate por grandes penalidades, após o 2-2 ao fim dos 90 minutos, José Mourinho foi questionado sobre as recentes declarações da mulher de Benitez, Montserrat Seara, que disse que o marido estava "mais uma vez a limpar [no Real Madrid] toda a bagunça deixada por José Mourinho".

"Ele [Rafael Benitez] destruiu em seis meses a melhor equipa da Europa, na altura. Se ela [Montserrat Seara] se preocupasse com a dieta do marido, provavelmente não teria tempo para falar sobre mim", ironizou Mourinho na conferência de imprensa que se seguiu ao jogo com o FC Barcelona.

Esta é a terceira vez que Benitez treina uma equipa já dirigida por José Mourinho. Em 2010 passou a treinar o Inter de Milão, dois anos depois foi o escolhido para orientar o Chelsea e agora sucedeu a Carlo Ancelotti no comando técnico do Real Madrid.

Sobre estas coincidências (treinar equipas que foram orientadas por Mourinho), a mulher de Rafael Benitez tinha dito à imprensa espanhola que o marido estava "mais uma vez a limpar [no Real Madrid] toda a bagunça deixada por José Mourinho

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.