sicnot

Perfil

Desporto

Platini candidato à presidência da FIFA

O atual presidente da UEFA e vice-presidente da FIFA anunciou hoje a sua candidatura à sucessão no cargo de Joseph Blatter. Michel Platini escreveu uma carta às várias federações de futebol europeias pedindo o seu apoio. As eleições estão marcadas para 26 de fevereiro de 2016,

© Charles Platiau / Reuters

"É uma decisão muito pessoal, cuidadosamente ponderada, que implicou uma avaliação do futuro do futebol e do meu próprio percurso. É igualmente a consequência das calorosas manifestações de estima, apoio e incentivo que muitos de vós me demonstraram", escreveu Platini numa carta enviada às 209 federações filiadas na FIFA, publicada no sítio oficial da UEFA na Internet.

Prometendo "total dedicação à causa do futebol", o antigo futebolista explicou que o seu "percurso de vida se cruza com os acontecimentos que traçam o futuro da FIFA".

"Há alturas na vida em que é necessário tomarmos o destino nas nossas mãos", disse o presidente da UEFA.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35

    País

    A data para as próximas eleições autárquicas já gerou consenso. 1 de outubro é a data pedida pelos vários partidos ouvidos esta segunda-feira por António Costa. Na próxima quinta-feira, no Conselho de Ministros, o dia de ir às urnas vai ser escolhido.