sicnot

Perfil

Desporto

Espanhol Vicente de Mateos vence primeira etapa da Volta a Portugal

O espanhol Vicente de Mateos (Louletano-Ray Just Energy) venceu esta quinta-feira ao 'sprint' a primeira etapa da Volta a Portugal em bicicleta, em Bragança, onde o belga Gaetan Bille (Verandas Willems) segurou o primeiro lugar da classificação geral.

Vicente Garcia de Mateos cumpriu os 196,8 quilómetros entre Pinhel e Bragança em 05:10.04 horas.

Vicente Garcia de Mateos cumpriu os 196,8 quilómetros entre Pinhel e Bragança em 05:10.04 horas.

JOSE COELHO / Lusa

Vicente Garcia de Mateos cumpriu os 196,8 quilómetros entre Pinhel e Bragança em 05:10.04 horas, impondo-se sobre a meta ao português Samuel Caldeira (W52-Quinta da Lixa) e ao italiano Davide Vigano (Idea 2010 ASD), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Bille, que venceu o prólogo na quarta-feira, permanece com a camisola amarela, com três segundos de vantagem sobre o espanhol Gustavo Veloso (W52-Quinta da Lixa), vencedor da corrida em 2014, e 15 sobre Caldeira.

Na sexta-feira, o pelotão enfrenta os 175,6 quilómetros da segunda etapa da corrida lusa, entre Macedo de Cavaleiros e o alto da serra do Larouco, em Montalegre, onde está instalada a quarta contagem de montanha da tirada, a única de primeira categoria, depois de duas de terceira e uma de segunda.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.