sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da Hyundai anuncia candidatura à presidência da FIFA

O sul-coreano Chung Mong-joon, dono da empresa automóvel Hyundai, anunciou esta quinta-feira que vai concorrer à presidência da FIFA, depois do anúncio feito por Michel Platini..

O dono da Hyundai e antigo vice-presidente diz que quer fazer da FIFA uma verdadeira ONG desportiva, aberta, transparente, moral e ética.

O dono da Hyundai e antigo vice-presidente diz que quer fazer da FIFA uma verdadeira ONG desportiva, aberta, transparente, moral e ética.

© Kim Hong-Ji / Reuters

O dono da Hyundai e antigo vice-presidente diz que quer fazer da FIFA uma verdadeira ONG desportiva, aberta, transparente, moral e ética.

Mong-joon garantiu também que quer eliminar a corrupção no organismo e deixou duras críticas ao suíço e atual presidente, Joseph Blatter, a quem chamou de "canibal corrupto", e ao outro candidato e presidente da UEFA, Michel Platini, que acusou de ser uma "marionete indigna de confiança".

As eleições estão marcadas para 26 de fevereiro.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14