sicnot

Perfil

Desporto

Confederação Brasileira de Futebol confirma dopagem de Fred na Copa América

O internacional brasileiro Fred, que joga no Shakhtar Donetsk, da liga ucraniana de futebol, teve um controlo antidoping positivo, por diurético proibido, durante a Copa América, confirmou esta sexta-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Fred, de 22 anos, negara, em comunicado, ter-se dopado no torneio sul-americano.

Fred, de 22 anos, negara, em comunicado, ter-se dopado no torneio sul-americano.

© Paulo Whitaker / Reuters

A CBF refere, em comunicado, que o relatório recebido da confederação sul-americana (Conmebol) identifica a presença de hidrocloriatizida (hctz), que não faz parte da lista autorizada e utilizada pela seleção brasileira.

Os médicos da CBF negaram expressamente que a hidrocloriatizida - diurético proibido por poder ser mascarante de outra substância que altere o rendimento desportivo - se encontrasse entre os medicamentos enviados para o Chile, onde decorreu a Copa América.

Fred, de 22 anos, negara antes, em comunicado, ter-se dopado no torneio sul-americano: "nunca utilizei uma substância ilícita. Vou tentar provar a minha inocência nos organismos competentes. Tenho um percurso limpo no futebol e conto com o apoio de todos".

Na Copa América, Fred foi convocado de última hora para substituir o lesionado Luiz Gustavo. Foi titular contra o Peru e a Colômbia, antes de passar para suplente frente à Venezuela e Paraguai.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.