sicnot

Perfil

Desporto

Nice apresenta queixa na FIFA contra o FC Porto

O Nice, da liga francesa de futebol, vai apresentar uma queixa na FIFA contra o FC Porto, que acusa de não ter respeitado os seus direitos aquando da transferência de Carlos Eduardo para o Al Hilal, da Arábia Saudita.

Segundo Julien Fournier, diretor geral do Nice, no contrato do brasileiro, que representou os franceses na última época, por empréstimo, haveria cláusulas de opção de compra de preferência, pelo que o FC Porto estava obrigado a informar o clube gaulês de qualquer oferta que surgisse para a transferência definitiva do futebolista. (Arquivo)

Segundo Julien Fournier, diretor geral do Nice, no contrato do brasileiro, que representou os franceses na última época, por empréstimo, haveria cláusulas de opção de compra de preferência, pelo que o FC Porto estava obrigado a informar o clube gaulês de qualquer oferta que surgisse para a transferência definitiva do futebolista. (Arquivo)

© Eric Gaillard / Reuters

Segundo Julien Fournier, diretor geral do Nice, no contrato do brasileiro, que representou os franceses na última época, por empréstimo, haveria cláusulas de opção de compra de preferência, pelo que o FC Porto estava obrigado a informar o clube gaulês de qualquer oferta que surgisse para a transferência definitiva do futebolista.

"Isso significa que o Porto teria de nos informar de qualquer proposta de compra para que pudessemos ou não mostrar o nosso interesse. Se o fizessemos, seríamos prioritários por valor igual", explicou Fournier, em declaraçãos à agência AFP.

Por outro lado, o Nice defende que tem direito a 10 por cento do montante da transferência, cujo valor não foi tornado público. Segundo várias fontes, poderá ser de 10 milhões de euros.

O advogado do Nice deverá apresentar o caso na Câmara de Litígios da FIFA já na próxima semana.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.