sicnot

Perfil

Desporto

Sporting apresenta-se aos sócios com triunfo sobre a Roma

A equipa de futebol do Sporting apresentou-se hoje da melhor forma aos sócios ''leoninos'', ao vencer os italianos da Roma, por 2-0, com golos de Slimani e Carlos Mané, na quarta edição do ''Troféu Cinco Violinos''.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Depois de terem batido Olympiacos (2012), Fiorentina (2013) e Lazio (2014), os 'leões' voltaram a arrecadar o troféu de pré-época, graças aos tentos de Slimani (63 minutos) e Carlos Mané (69), na antecâmera do encontro da Supertaça Cândido de Oliveira, que se disputa a 09 de agosto, frente ao rival e bicampeão nacional Benfica.

Na primeira aparição diante dos adeptos 'leoninos', o técnico Jorge Jesus - que foi muito aplaudido aquando da apresentação do plantel - incluiu no 'onze' inicial os reforços João Pereira, Naldo, Téo Gutiérrez e Bryan Ruiz, este último em estreia absoluta nesta pré-época, três dias depois de ter efetuado o primeiro treino de leão ao peito.

De resto, pertenceu ao internacional costa-riquenho uma das poucas oportunidades dos 'verde e brancos' na primeira parte, num cabeceamento que acabou por sair por cima da baliza de De Sanctis, após cruzamento de João Pereira.

Apesar de já serem visíveis no relvado algumas das ideias de Jorge Jesus, o Sporting demonstrou pouca acutilância na zona de finalização e apesar dos bons apontamentos nos primeiros 20 minutos de jogo, raras foram as ocasiões em que colocou em 'xeque' a defensiva visitante na primeira parte.

Contudo, a própria Roma poucas vezes se aproximou da baliza à guarda de Rui Patrício, algo que seria ainda mais notório na etapa complementar, durante a qual o Sporting demonstrou mais e melhores argumentos.

João Mário deixou o primeiro aviso, mas a primeira grande oportunidade iniciou-se nos pés do recém-entrado Carlos Mané, que isolou Slimani, mas o avançado não conseguiu ultrapassar a oposição de Szczesny.

No entanto, pouco depois, o argelino não desperdiçou a segunda tentativa e correspondeu da melhor forma a um canto apontado por Jefferson, levando ao 'rubro' os quase 40 mil espetadores que se deslocaram a Alvalade.

Esta seria a melhor fase do conjunto 'verde e branco' e, já depois do guardião da Roma ter anulado as intenções de Montero, os 'leões' aumentaram a contagem, por intermédio de Carlos Mané, que aproveitou uma má abordagem de Szczesny.

Ainda assim, o internacional polaco redimiu-se no último minuto da partida, ao defender de forma brilhante um cabeceamento do 'baixinho' André Martins.

Jogo realizado no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Sporting - Roma, 2-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Slimani, 63 minutos.

2-0, Carlos Mané, 69.

Equipas:

- Sporting: Rui Patrício, João Pereira, Paulo Oliveira, Naldo, Jefferson, Adrien Silva, Carrillo, João Mário, Brian Ruiz, Téo Gutiérrez e Slimani.

Jogaram ainda: Carlos Mané, Montero, Ruben Semedo, Tobias Figueiredo, André Martins, Gelson Fernandes, Marcelo Boeck, Jonathan Silva, Ricardo Esgaio, Wallyson,

Treinador: Jorge Jesus.

- Roma: De Sanctis, Maicon, Manolas, Castan, Ashley Cole, De Rossi, Uçan, Paredes, Iturbe, Ljajic e Totti.

Jogaram ainda: Szczesny,Yanga-Mbiwa, Nainggolan, Falqué, Keita, Destro, Florenzi, Gervinho, Romagnoli, Ibarbo e Anocic.

Treinador: Rudi Garcia.

Árbitro: Tiago Martins (Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Castan (10), Adrien Silva (22), Iturbe (43) e Falqué (65). Cartão vermelho direto para Yanga-Mbiwa (90+2).

Assistência: 38.401 espetadores.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.