sicnot

Perfil

Desporto

Dzemal Hadziabdic abandona Iraque antes de assumir cargo de selecionador

O treinador bósnio Dzemal Hadziabdic abandonou o Iraque, antes de ser apresentado como selecionador de futebol e um dia depois de ter chegado ao país, revelou hoje a federação iraquiana.

© Fadi Al-Assaad / Reuters

O técnico bósnio, de 62 anos, também conhecido como Jamal Haji chegou a Bagdad na sexta-feira, treinou várias equipas no Golfo Pérsico e deveria assinar hoje um contrato com a federação iraquiana de futebol, antes de ser apresentado como selecionador.

"Fomos surpreendidos pela recusa do Jamal Haji, que pediu para regressar ao seu país imediatamente. Tudo estava a correr como planeado, ele assinaria hoje o contrato e depois seria apresentado à comunicação social", explicou o porta-voz da federação iraquiana Kamel Zghayr à agência AFP.

Além disso, estava ainda previsto que o técnico orientasse hoje um treino, antes de iniciar um estágio de dez dias no Qatar.

Na sexta-feira, quando chegou a Bagdad, Haji, que orientou a seleção da Jugoslávia entre 1974 e 1978, expressou o seu entusiasmo com a oportunidade de ser o novo selecionador do Iraque, em declarações à imprensa local.

Lusa

  • Trabalharia horas extra sem ser pago? E feriados?  
    1:25
  • UE dá "luz verde" para início das negociações do Brexit

    Brexit

    Os 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta segunda-feira a autorização para o início das negociações do Brexit, indicando formalmente o final de junho para início do processo de saída do Reino Unido, que se prolongará por dois anos.

  • Regras secretas do Facebook permitem divulgação de imagens violentas

    Mundo

    A política interna da empresa Facebook defende que nem todos os vídeos violentos publicados na rede social devem ser apagados porque "não quer censurar ou punir pessoas em perigo". A revelação é feita pelo jornal britânico The Guardian após uma investigação em que conseguiu ter acesso ao manual interno.