sicnot

Perfil

Desporto

Benfica perde com Monterrey na final da Eusébio Cup

O Benfica fechou no domingo a pré-temporada de futebol com nova derrota, ao perder com o Monterrey do México por 3-0, em jogo da oitava edição da Eusébio Cup, disputado em Monterrey.

Mario Guzman

Num encontro em que ainda conseguiu manter algum equilíbrio durante a primeira parte, a equipa 'encarnada' viu-se surpreendida no arranque da segunda metade, sofrendo dois golos no espaço de nove minutos, aos 49 e 58, tendo os mexicanos tirado partido das seis substituições realizadas ao intervalo.

Aos 49 minutos, o Monterrey adiantou-se no marcador, num livre cobrado na direita e em que Cesar Montes surgiu a cabecear à vontade, tendo, aos 58, Funes Mori, jogador emprestado pelo Benfica aos mexicanos, ampliado na conversão de uma grande penalidade. Numa altura em que o jogo caminhava para o final, o Monterrey fez ainda o 3-0, através de Rivera.

Boa entrada do Benfica em jogo, pressionando alto e sem conceder muitos espaços aos mexicanos, que não conseguiam penetrar na defesa contrária, tendo os 'encarnados' deixado um primeiro aviso logo aos seis minutos, num livre de Jonas a rasar a barra.

Aos poucos, o Monterrey foi equilibrando as operações e, explorando os espaços entre linhas na zona defensiva do Benfica, começou a criar situações de perigo.

Depois de um primeiro aviso, aos 14 minutos, o Monterrey dispôs da sua melhor oportunidade de golo da etapa inicial, quando Pabón, aproveitando um lançamento longo de Pérez, surgiu isolado perante Júlio César, mas permitiu a defesa do guarda-redes do Benfica.

Aos 21 minutos, foi a vez de Pabón aproveitar uma perda de bola e desmarcar de Nigris, que rematou rasteiro, mas Júlio César evitou novamente o golo.

Apesar de estar nitidamente em perda, o Benfica ainda esboçou uma reação e, mercê dessa subida de produção, acercou-se novamente da baliza contrária, tendo, aos 27 minutos, criado uma boa situação, numa jogada que envolveu Fejsa, Jonas e Gaitán, mas a bola perdeu-se na área contrária.

Três minutos depois, Jonathan Rodriguez recebeu uma bola na esquerda e cruzou tenso para a área, onde surgiu Jonas a cabecear em boa posição, mas a bola saiu ao lado.

Perto do termo da primeira parte, o Benfica sofreu um revés, com a saída do defesa-central Luisão com um problema físico, entrando Samaris, na que foi a segunda contrariedade na zona central da defesa, depois de Jardel nem sequer ter iniciado a partida, igualmente com problemas físicos.

Depois do mau arranque de segunda metade, em que o Benfica sofreu os dois golos, o técnico Rui Vitória finalmente refrescou a equipa e esta reequilibrou-se, mas nunca foi capaz de incomodar seriamente a defesa contrária, acabando por sofrer ainda o terceiro tento.

Jogo no estádio BBVA Bancomer, Monterrey.

Benfica - Monterrey, 0-3.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Cesar Montes, 49 minutos.

0-2, Funes Mori, 58 (grande penalidade).

0-3, Sebastian Rivera, 81.

Equipas:

- Benfica: Júlio César, André Almeida, Luisão, Lisandro López, Sílvio, Fejsa, Pizzi, Talisca, Gaitan, Jonathan Rodriguez e Jonas.

Jogaram ainda, Samaris, Nelson Oliveira, Carcela, Lindelof, Nelson Semedo, Nuno Santos e Cristante.

Treinador: Rui Vitória.

- Monterrey: Orozco, Severo Meza, Hiram Mier, John Medina, Edgar Castillo, Zavala, Neri Cardozo, Ernesto Perez, Edwin Cardona, Dorlan Pabón e Jesus de Nigris.

Jogaram ainda, Ibarra, Funes Mori, Gargano, Cesar Montes, Ramirez, Juarez, Barrera, Hernández, Santiago Rivera, Talancon e Portales.

Treinador: Antonio Mohamed (Turquia).

Assistência: Cerca de 51.000 espetadores.

Lusa

  • Eurogrupo dá luz verde ao Orçamento do Estado
    0:29

    Orçamento do Estado 2017

    O Orçamento português passou no Eurogrupo mas os ministros das Finanças alertam que podem ser precisas mais medidas para cumprir as metas e em março vão voltar a olhar para as contas. Para já, estão satisfeitos com o compromisso assumido por Mário Centeno e mais sete ministros da zona euro, cujos Orçamentos estão em risco de incumprimento.

  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados".Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade. A SIC esteve em Luanda e falou com o advogado Adolfo Campos e com os músicos Carbono Casimiro, Mona Dya Kidi e David Salei. Já todos estiveram presos. Já todos foram vítimas de violência policial. Defendem que "a geração anterior comprometeu o país" e acreditam que só a mudança política pode trazer um futuro melhor. Para estes jovens activistas, a guerra que arrasou o país, e com que o regime justifica tudo, não deixou heróis, apenas "vilões e vítimas".

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59