sicnot

Perfil

Desporto

Marat Izmailov pondera terminar a carreira de futebolista

O internacional russo Marat Izmailov, que já jogou no Sporting e no FC Porto, está a ponderar terminar a carreira de futebolista, afirmou esta segunda-feira o seu empresário Paulo Barbosa, em declarações ao canal estatal.

O médio, de 32 anos, que esteve emprestado nas últimas duas temporadas pelo FC Porto, primeiro aos azeris do Qabala e depois aos russos do Krasnodar, desvinculou-se dos 'dragões' no final desta temporada, estando assim livre no 'mercado' de transferências. (Arquivo)

O médio, de 32 anos, que esteve emprestado nas últimas duas temporadas pelo FC Porto, primeiro aos azeris do Qabala e depois aos russos do Krasnodar, desvinculou-se dos 'dragões' no final desta temporada, estando assim livre no 'mercado' de transferências. (Arquivo)

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

"O Izmailov tem propostas da Rússia e da Arábia Saudita. No entanto, ele decidiu fazer uma pausa para pensar e decidir se quer continuar a jogar ou não", disse o empresário português Paulo Barbosa, acrescentando que todas as possibilidades estão em cima da mesa.

O médio, de 32 anos, que esteve emprestado nas últimas duas temporadas pelo FC Porto, primeiro aos azeris do Qabala e depois aos russos do Krasnodar, desvinculou-se dos 'dragões' no final desta temporada, estando assim livre no 'mercado' de transferências.

No entanto, o jogador que se formou no Lokomotiv de Moscovo, antes de se transferir para o Sporting, clube no qual esteve durante cinco temporadas, foi vitima de muitos problemas físicos durante a sua carreira, cujas repercussões afastaram o atleta dos relvados em diversas ocasiões.

O jogador, que conquistou uma Taça de Portugal pelos 'leões', além de um título de campeão nacional pelos 'dragões', marcou um golo em 30 jogos disputados na temporada passada pelo Krasnodar, equipa que terminou no terceiro lugar da I Liga russa em 2014/15.

Lusa

  • Banco de Portugal mais otimista
    1:17
  • Catalunha vs Espanha
    29:35
  • Empate técnico a uma semana das eleições na Catalunha

    Mundo

    A sete dias das eleições regionais catalãs, várias sondagens publicadas hoje indicam que os partidos constitucionalistas estão à frente nas intenções de voto, mas os independentistas ganham em número de lugares, sem nenhum dos blocos ter maioria absoluta.