sicnot

Perfil

Desporto

Delio Fernández vence na Torre e Veloso reforça amarela na Volta a Portugal

O ciclista espanhol Delio Fernández (W52-Quinta da Lixa) venceu esta quinta-feira a sétima etapa da Volta a Portugal, na subida à Torre, onde o compatriota e colega Gustavo Veloso, líder, foi segundo e deixou a corrida quase sentenciada.

O ministro Ajunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro (1-D), marcou presença na cerimónia de entrega de prémios da 7ª etapa da Volta.

O ministro Ajunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro (1-D), marcou presença na cerimónia de entrega de prémios da 7ª etapa da Volta.

Lusa

Delio Fernández cumpriu os 171,3 quilómetros entre Condeixa-a-Nova e a Torre, contagem de montanha de categoria especial no topo da Serra da Estrela (Seia), em 4:42.00 horas, o mesmo tempo atribuído ao camisola amarela, enquanto o português Jóni Brandão (Efapel) foi terceiro, a quatro segundos.

Quando faltam disputar três tiradas, nomeadamente o contrarrelógio da nona etapa, Gustavo Veloso, vencedor da prova em 2014, lidera a classificação geral com 14 segundos de avanço sobre Delio Fernández e 57 sobre Jóni Brandão.

Na sexta-feira, o pelotão cumpre a oitava etapa, que vai ligar Guarda a Castelo Branco, ao longo de 180,2 quilómetros, num percurso praticamente sem dificuldades, além da contagem de montanha de terceira categoria em Idanha-a-Nova (km 97,5).

Lusa

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.