sicnot

Perfil

Desporto

Portugal sobe ao sexto lugar do ranking da FIFA, liderado pela Argentina

Portugal subiu uma posição no ranking da FIFA, para o sexto lugar, numa classificação divulgada hoje no site oficial do organismo que rege o futebol mundial e que continua a ser liderada pela Argentina, vice-campeã mundial e sul-americana.

© Rafael Marchante / Reuters

Tal como aconteceu com outras seleções posicionadas entre os 10 primeiros, Portugal beneficiou da forte queda da Holanda, que desceu do quinto para o 12.º posto, apesar de ter mantido os mesmos 1.177 pontos relativamente à anterior atualização, realizada a 09 de julho.

A descida da Alemanha, campeã mundial, do segundo para o terceiro lugar, por troca com a Bélgica, foi a única outra 'mexida' entre os 10 primeiros classificados, entre os quais apenas a Argentina e a Colômbia, quarta colocada, mantiveram as respetivas posições.

Além daquelas quatro seleções, apenas o Brasil precede a seleção portuguesa no 'ranking' da FIFA, com o 'top ten' a ser completado pela Roménia (sétima), Inglaterra (oitava), País de Gales (nono) e Chile (10.º), recente vencedor da Copa América.

Entre os países lusófonos, Cabo Verde, atual 50.º posicionado, Angola, 89.ª, e Timor-Leste, 163.º, registaram ligeiras subidas, ao contrário de Moçambique e Guiné-Bissau, que caíram para 97.º e 142.º, respetivamente, enquanto São Tomé e Príncipe manteve-se no 189.º lugar.

O Irão, treinado pelo português Carlos Queiroz, desceu da 38.ª para a 41.ª posição, ao passo que o Gabão, sob o comando técnico de Jorge Costa, subiu um lugar, para 64.º.

- 'Ranking' da FIFA, a 09 de agosto:

1. (1) Argentina, 1.425 pontos.

2. (3) Bélgica, 1.244.

3. (2) Alemanha, 1.226.

4. (4) Colômbia, 1.218.

5. (6) Brasil, 1.186.

6. (7) Portugal, 1.177.

7. (8) Roménia, 1.166.

8. (9) Inglaterra, 1.157.

9. (10) País de Gales, 1.155.

10. (11) Chile, 1.124.

(...)

41. (38) Irão, 718.

50. (52) Cabo Verde, 608.

64. (65) Gabão, 544.

89. (92) Angola, 371.

97. (95) Moçambique, 339.

142. (133) Guiné-Bissau, 191.

163. (165) Timor-Leste, 130.

189. (189) São Tomé e Príncipe, 48.

Lusa

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01