sicnot

Perfil

Desporto

Portugal sobe ao sexto lugar do ranking da FIFA, liderado pela Argentina

Portugal subiu uma posição no ranking da FIFA, para o sexto lugar, numa classificação divulgada hoje no site oficial do organismo que rege o futebol mundial e que continua a ser liderada pela Argentina, vice-campeã mundial e sul-americana.

© Rafael Marchante / Reuters

Tal como aconteceu com outras seleções posicionadas entre os 10 primeiros, Portugal beneficiou da forte queda da Holanda, que desceu do quinto para o 12.º posto, apesar de ter mantido os mesmos 1.177 pontos relativamente à anterior atualização, realizada a 09 de julho.

A descida da Alemanha, campeã mundial, do segundo para o terceiro lugar, por troca com a Bélgica, foi a única outra 'mexida' entre os 10 primeiros classificados, entre os quais apenas a Argentina e a Colômbia, quarta colocada, mantiveram as respetivas posições.

Além daquelas quatro seleções, apenas o Brasil precede a seleção portuguesa no 'ranking' da FIFA, com o 'top ten' a ser completado pela Roménia (sétima), Inglaterra (oitava), País de Gales (nono) e Chile (10.º), recente vencedor da Copa América.

Entre os países lusófonos, Cabo Verde, atual 50.º posicionado, Angola, 89.ª, e Timor-Leste, 163.º, registaram ligeiras subidas, ao contrário de Moçambique e Guiné-Bissau, que caíram para 97.º e 142.º, respetivamente, enquanto São Tomé e Príncipe manteve-se no 189.º lugar.

O Irão, treinado pelo português Carlos Queiroz, desceu da 38.ª para a 41.ª posição, ao passo que o Gabão, sob o comando técnico de Jorge Costa, subiu um lugar, para 64.º.

- 'Ranking' da FIFA, a 09 de agosto:

1. (1) Argentina, 1.425 pontos.

2. (3) Bélgica, 1.244.

3. (2) Alemanha, 1.226.

4. (4) Colômbia, 1.218.

5. (6) Brasil, 1.186.

6. (7) Portugal, 1.177.

7. (8) Roménia, 1.166.

8. (9) Inglaterra, 1.157.

9. (10) País de Gales, 1.155.

10. (11) Chile, 1.124.

(...)

41. (38) Irão, 718.

50. (52) Cabo Verde, 608.

64. (65) Gabão, 544.

89. (92) Angola, 371.

97. (95) Moçambique, 339.

142. (133) Guiné-Bissau, 191.

163. (165) Timor-Leste, 130.

189. (189) São Tomé e Príncipe, 48.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.