sicnot

Perfil

Desporto

Três dos estádios do Euro2004 ainda custam quase 26 mil euros por dia às autarquias

Onze anos depois do Euro 2004, três dos estádios que foram construídos para a prova custam 25.800 euros por dia aos municípios.

No topo da lista está o estádio de Leiria, que custa à câmara 400 mil euros por mês - 13.300 por dia. (Arquivo)

No topo da lista está o estádio de Leiria, que custa à câmara 400 mil euros por mês - 13.300 por dia. (Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuters

No topo da lista está o estádio de Leiria, que custa à câmara 400 mil euros por mês - 13.300 por dia.

Segue-se o estádio municipal de Aveiro, para o qual a autarquia paga, por dia, 8300 euros - 250 mil por mês.

Por fim, o estádio Algarve, palco do jogo entre o Sporting e o Benfica para a Supertaça Cândido de Oliveira, e que, segundo o JN de hoje, subsiste com as verbas de duas autarquias. Faro e Loulé pagam 4200 euros por dia para manter o estádio de portas abertas. Só em manutenção são 1000 euros/dia.

São três estádios que não recebem jogos da Primeira Liga e que, 11 anos depois do Europeu de futebol, ainda custam aos cofres públicos 774 mil euros por mês.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50

    País

    A água é um recurso essencial para todos os organismos vivos, comunidades e atividades económicas. Num país com situações de secas recorrentes, que tendem a ser agravadas pelas alterações climáticas, o que aprendemos com anteriores episódios de escassez de água? Como usar a água para que não falte no futuro? "Água Sob Pressão" foi o tema desta Grande Reportagem, de Carla Castelo (jornalista), Manuel Ferreira (Imagem), Gonçalo Freitas (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo) e Isabel Mendonça (Produção), exibida na SIC em julho de 2012 (que também foi um ano de seca, ainda que menos grave do que a atual).

  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15