sicnot

Perfil

Desporto

Alex Sandro e Brahimi falham treino do FC Porto a cinco dias do início da I Liga

O lateral Alex Sandro e o extremo Brahimi falharam hoje o primeiro treino do FC Porto após o jogo de apresentação aos sócios, a cinco dias do início da I Liga portuguesa de futebol.

O treinador Julen Lopetegui contou com os mesmos 26 jogadores que tinha tido na véspera, nos três treinos do dia.

O treinador Julen Lopetegui contou com os mesmos 26 jogadores que tinha tido na véspera, nos três treinos do dia.

SIC

Depois de ter falhado o encontro com o Nápoles (0-0), no sábado, o brasileiro fez apenas trabalho de ginásio e treino condicionado, enquanto o argelino, que saiu lesionado do encontro do Dragão, realizou tratamento a um estiramento no adutor esquerdo.

Também substituído devido a problemas físicos no encontro com os napolitanos, o lateral Cissokho já treinou, num dia em que o guarda-redes André Caio, do FC Porto B, integrou os trabalhos.

Os 'dragões' voltam a treinar na terça-feira, às 10:30, no centro de estágios do Olival, em Vila Nova de Gaia, prosseguindo a preparação para o encontro com o Vitória de Guimarães, no sábado, da primeira jornada da I Liga.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.