sicnot

Perfil

Desporto

Kvitova admite que mononucleose está na origem de mau momento de forma

A tenista checa Petra Kvitova, número quatro do mundo, sofreu de mononucleose, doença que é apontada como causa da diminuição recente de forma da atleta.

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

"Análises de sangue revelam que [Kvitova] contraiu mononucleose na primavera", indicou o porta-voz da jogadora, citado pela agência AFP, acrescentando que a tenista poderá prosseguir o calendário desportivo, mas "sob supervisão médica".

Kvitova, vencedora em 2011 e 2014 de Winbledon, afastou-se momentaneamente no final de fevereiro do circuito, alegadamente por "necessidade de descansar", reaparecendo em abril para a meia-final da Fed Cup, que a jogadora venceu por 3-1 ao vencer a França.

A mononucleose, uma doença infeciosa provocada pelo vírus Epstein-Barr, pode causas febre alta, fadiga e inflamação na garganta.

O suíço e antigo líder da hierarquia mundial Roger Federer também sofreu de mononucleose, entre o final da época de 2007 e o primeiro terço da temporada de 2008, algo que afetou em muito o seu rendimento.

Também o tenista norte-americano Andy Roddick anunciou em 2010 padecer da doença.

Na presente época, a tenista venceu dois títulos, mas não passou da terceira eliminatória do Open da Austrália e de Wimbledon e da quarta de Roland Garros.

Lusa

  • Mais de 1600 fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado fez mais de 1600 ações de fiscalização a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público. Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.