sicnot

Perfil

Desporto

Luis Enrique indiferente ao estatuto de favorito do 'Barça' na Supertaça Europeia

Luis Enrique garantiu hoje que o estatuto de favorito do FC Barcelona na Supertaça Europeia de futebol lhe é indiferente, porque é no campo que os seus jogadores têm de demonstrar que são melhores do que o Sevilha.

© Albert Gea / Reuters

"Tanto me faz o estatuto de favorito. Diante do Sevilha teremos um jogo complicado, já o vimos noutros encontros anteriores. Teremos de jogar bem se quisermos ganhar a Supertaça", disse o treinador do FC Barcelona, na conferência de imprensa que antecedeu o embate com o Sevilha, que terá lugar na terça-feira em Tbilisi, na Geórgia.

Luis Enrique mostrou-se convicto que os espetadores verão "um bom jogo", uma vez que ambas as equipas ambicionam erguer a Supertaça, e assegurou que o 'barça' está a viver um bom momento.

"O 'triplete' pertence a um passado maravilhoso. Agora o que nos interessa são os seis títulos [consecutivos]", assumiu, referindo-se aos já conquistados títulos de campeão espanhol, da Liga dos Campeões e Taça do Rei e aos que faltam conquistar: a Supertaça Europeia, Mundial de Clubes e Supertaça de Espanha.

O técnico 'blaugrana' falou ainda da possível saída de Pedro, da qual se tem falado "em demasia", indicando que gostaria de contar com todos os jogadores do plantel.

"A solução será conhecida em breve, já que o mercado está a fechar. Mas nunca tirei ou pus um jogador no onze pelo mercado. Coloquei os que considero oportunos", sublinhou.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.