sicnot

Perfil

Desporto

Unai Emery vê FC Barcelona como favorito à conquista da Supertaça Europeia

O treinador do Sevilha, Unai Emery, reconheceu hoje que o FC Barcelona é o grande favorito para a final de terça-feira da Supertaça Europeia em futebol, mas que "uma final não se joga todos os dias".

© Grigory Dukor / Reuters

"O Barcelona é favorito mas esta é uma oportunidade perante um grande rival e queremos aproveitá-la da melhor maneira, já que uma final não se joga todos os dias. Com certeza que iremos jogar em busca do titulo", afirmou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

Sobre o adversário, o treinador espanhol destacou o excelente trabalho do colega Luis Enrique no comando técnico dos catalães, que no ano de estreia conquistou Liga dos Campeões, Liga espanhola e Taça do Rei, e desvalorizou a ausência confirmada do brasileiro Neymar, afirmando que com toda a certeza no lugar do avançado 'canarinho' jogará outro de jogador de qualidade.

"Luis Enrique voltou a dar um toque de excelência ao Barcelona. Quanto a Neymar, é um jogador importante, mas no lugar dele jogará um tal de Pedro, que tem também grande qualidade", disse.

Da mesma opinião partilha o avançado ex-Benfica José Antonio Reyes, que irá iniciar a sua quinta época consecutiva desde que regressou ao Sevilha. O espanhol salienta as qualidades dos 'blaugrana', mas deixou bem claro que a equipa só pensa na vitória.

"É certo que temos o objetivo de ganhar. O Barcelona é uma grande equipa, mas que não fiquem dúvidas sobre os nossos objetivos", sublinhou.

Depois de no ano passado a equipa do Sevilha ter sido batida pelo Real Madrid (2-0), o espanhol admite que todos querem disfrutar, de novo, de uma final e que ninguém está com uma mentalidade de vingança.

"Queremos fazer um bom jogo e disfrutar de mais uma final, mas ninguém se quer vingar, até porque desta vez o jogo é frente ao Barcelona", disse.

O Barcelona, atual detentor da Liga dos Campeões, e o Sevilha, campeão da Liga Europa, discutem na terça-feira o título da supertaça europeia, num jogo que será disputado em Tbilisi, na Geórgia, às 19:45 de Lisboa.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.