sicnot

Perfil

Desporto

Federação Internacional encontra 28 novos casos de doping em Mundiais de atletismo

A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) anunciou hoje, em comunicado, que a reanálise de amostras de urina colhidas nos Mundiais de atletismo de Helsínquia2005 e Osaca2007 levou à reabertura do procedimento disciplinar a 28 atletas.

© Yuya Shino / Reuters

O nome desses atletas não pode ainda ser divulgado, explica a IAAF, que em 2012 fez uma primeira ronda de reanálises às amostras de urina de Helsínquia2005, que estavam armazenadas nos laboratórios de Lausana, detetando então seis novos casos, anunciados em março de 2013.

Pelas regras da IAAF, aprovadas no final da última década, as amostras de sangue e urina podem ser conservadas por dez anos, para serem analisadas de novo.

A nova ronda de análises foi feita em abril deste ano, utilizando a nova tecnologia disponível, sendo encontradas mais 32 situações, relativas a 28 atletas.

Grande parte desses 28 atletas já se retirou ou foi, entretanto, castigado, pelo que poucos permanecem ativos, adianta a IAAF, que sublinha que esses ficarão suspensos provisoriamente e impedidos de competir nos Mundiais de Pequim.

Lusa

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.