sicnot

Perfil

Desporto

Peter Schmeichel pede ao Manchester United que resolva situação de David de Gea

O dinamarquês Peter Schmeichel, antigo guarda-redes do Manchester United, pediu ao clube inglês que deixe o espanhol David de Gea sair para o Real Madrid, 'aconselhando' a contratação do francês Hugo Lloris, do Tottenham.

© Scanpix Denmark / Reuters

"Gostaria que o De Gea ficasse. Foi o melhor jogador do clube nas últimas temporadas. É muito triste ver este caso a arrastar-se até ao começo da época. O clube deve vende-lo e encontrar uma solução a tempo", afirmou o dinamarquês, também campeão ao serviço do Sporting, à radio británica Talksport.

De Gea, de 24 anos, tem apenas mais um ano de contrato com o clube de Manchester e tem sido apontado ao clube 'merengue' de forma insistente. No último sábado, assistiu, na bancada, à vitória do Manchester United sobre o Tottenham, por 1-0, na jornada inaugural da liga inglesa.

Schmeichel, vencedor de cinco ligas inglesas, aponta Lloris como principal substituto do guardião espanhol.

"Se De Gea realmente sair, ficava muito contente se o Lloris chegasse ao clube. É exatamente o que o clube necessita. Tem imensa qualidade e tem experiência na Liga Inglesa", concluiu.

O Manchester United já contratou Sergio Romero para a posição de De Gea, mas o argentino não convenceu o treinador van Gaal, na sua partida de estreia.

David de Gea é formado no Atlético de Madrid, principal rival do Real Madrid, tendo-se mudado para Inglaterra na temporada 2011/2012, a troco de 25 milhões de euros.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47