sicnot

Perfil

Desporto

APOEL, de Domingos Paciência, perde Supertaça do Chipre para o AEL Limassol

O APOEL Nicósia, treinado por Domingos Paciência, perdeu esta quarta-feira a Supertaça do Chipre de futebol, ao perder, no desempate por grandes penalidades, com o AEL Limassol, após uma igualdade a zero.

O português Domingos Paciência orienta os cipriotas do APOEL Nicósia. (Arquivo)

O português Domingos Paciência orienta os cipriotas do APOEL Nicósia. (Arquivo)

Tim Hales / AP

Em Nicósia, com Mário Sérgio a titular e Nuno Morais como suplente utilizado, o APOEL, campeão cipriota, não conseguiu superiorizar-se ao AEL, que, com Mesca no 'onze', conquistou a quarta Supertaça da sua história e a primeira desde 1985.

No desempate por grandes penalidades, o APOEL falhou dois remates contra apenas um erro do AEL, que venceu por 4-3.

Esta derrota surge seis dias antes de o APOEL defrontar os cazaques do Astana, na primeira mão do 'play-off' de acesso à Liga dos Campeões.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57