sicnot

Perfil

Desporto

Sousa Cintra lembra Jorge Gonçalves como um "grande sportinguista"

O antigo presidente do Sporting Sousa Cintra afirmou esta quarta-feira que Jorge Gonçalves, encontrado morto na terça-feira em Angola, foi um "grande sportinguista", que deixou "marca" quando liderou o clube cerca de um ano, entre 1988 e 1989.

O 'bigodes', como ficou conhecido, venceu, com 62,7 por cento dos votos, uma das eleições mais concorridas da história do Sporting, a 24 de junho de 1988, apostando na campanha das "unhas do leão", os reforços que garantiria trazer. (Arquivo)

O 'bigodes', como ficou conhecido, venceu, com 62,7 por cento dos votos, uma das eleições mais concorridas da história do Sporting, a 24 de junho de 1988, apostando na campanha das "unhas do leão", os reforços que garantiria trazer. (Arquivo)

SIC

"Foi uma grande sportinguista que agora parte, parte muito novo, em circunstâncias um bocado tristes. É a perda de um sportinguista que deixou marca no clube e que é recordado por todos", afirmou Sousa Cintra à agência Lusa.

Jorge Gonçalves chegou à presidência do Sporting em 1988 como uma "lufada de ar fresco" para um clube que ansiava por uma mudança de rumo, mas as muitas promessas acabaram por se esgotar em apenas um ano.

O 'bigodes', como ficou conhecido, venceu, com 62,7 por cento dos votos, uma das eleições mais concorridas da história do Sporting, a 24 de junho de 1988, apostando na campanha das "unhas do leão", os reforços que garantiria trazer.

Antigo campeão de vela e despachante alfandegário, Jorge Gonçalves surgiu no universo 'leonino' quando prometeu assumir a compra do passe do holandês Frank Rijkaard, mas o envolvimento da direção de Amado de Freitas, presidente na altura, acabou por fazer gorar o negócio.

Rijkaard, que chegou a surgir em Alvalade ao lado de Jorge Gonçalves, não foi inscrito a tempo e acabou por ser emprestado ao Saragoça, antes de ser vendido ao AC Milan, perante o desagrado do empresário, que acabaria por se candidatar à presidência.

Por falta de quórum, a direção de Jorge Gonçalves acabaria por ser dissolvida a 18 de maio de 1989 pelo presidente da Assembleia Geral do Sporting, Sérgio Abrantes Mendes.

O 'bigodes' ainda se candidatou às eleições de junho desse ano, frente a Sousa Cintra, mas conseguiu pouco mais de 10 por cento dos votos.

Pouco tempo depois, Jorge Gonçalves acabaria por ser detido pela Polícia Judiciária, por vários processos relacionados com dívidas, mas nunca chegou a ir a julgamento, porque, mal foi libertado, fugiu para Angola, de onde era natural.

Na terça-feira foi encontrado morto num 'resort' em Angola, aos 67 anos.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC