sicnot

Perfil

Desporto

Multa aplicada a Paulo Machado destina-se a crianças e veteranos de guerra

O futebolista português Paulo Machado anunciou esta quinta-feira que a multa de 100 mil euros aplicada pelo Dínamo de Zagreb, na sequência do gesto obsceno dirigido aos adeptos do clube, destina-se a ajudar crianças e veteranos de guerra.

"Eu pedi ao clube [Dínamo de Zagreb] que usasse os 100 mil euros para ajudar veteranos de guerra e crianças com especiais necessidades, ideia que o clube aceitou e apoiou prontamente", afirmou o internacional português na sua página oficial de Facebook. (Arquivo)

"Eu pedi ao clube [Dínamo de Zagreb] que usasse os 100 mil euros para ajudar veteranos de guerra e crianças com especiais necessidades, ideia que o clube aceitou e apoiou prontamente", afirmou o internacional português na sua página oficial de Facebook. (Arquivo)

Claude Paris / AP

"Eu pedi ao clube [Dínamo de Zagreb] que usasse os 100 mil euros para ajudar veteranos de guerra e crianças com especiais necessidades, ideia que o clube aceitou e apoiou prontamente", afirmou o internacional português na sua página oficial de Facebook.

Paulo Machado, que iniciou a segunda temporada no Dínamo de Zagreb, agradeceu ainda aos adeptos pelo apoio que tem recebido depois do erro cometido, afirmando que "é muito importante contar com eles tanto nas horas boas, como nas más".

O médio, de 29 anos, foi castigado pelo clube croata com uma multa de 100 mil euros em julho, além de uma suspensão por tempo indeterminado, na sequência de um gesto obsceno dirigido aos adeptos da sua equipa, após ser apupado durante a sua substituição, num encontro frente aos noruegueses do Molde (1-1), referente à terceira pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões.

"Peço desculpa aos meus colegas de equipa porque não pude ajudá-los a vencer o jogo. Peço desculpa aos adeptos do Dínamo de Zagreb por tê-los desapontado e também ao clube porque sempre me deu todas as condições para fazer o meu trabalho", disse na altura o atleta português.

O Dínamo Zagreb, que conta com os também portugueses Eduardo, Ivo Pinto e Gonçalo Santos, acabou por passar essa eliminatória, ao empatar a três golos na Noruega, defrontando agora os albaneses do Skenderbeu, num confronto em que o vencedor acede diretamente à fase de grupos da Liga dos Campeões.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52