sicnot

Perfil

Desporto

Autor do logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 enfrenta nova acusação de plágio

O autor do logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Kenjiro Sano, que enfrenta uma acusação de plágio, renunciou esta sexta-feira à autoria de uma série de imagens que integram a campanha publicitária a uma cerveja sem álcool.

Kenjiro Sano e a sua empresa foram acusados de plágio no logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

Kenjiro Sano e a sua empresa foram acusados de plágio no logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

© Yuya Shino / Reuters

A MR Design, empresa de Kenjiro Sano, anunciou em comunicado ter pedido à marca que comercializa a bebida que não utilize oito das 30 ilustrações criadas por Sano.

"Surgiram na internet comentários que podem indiciar problemas de direitos de autor com algumas imagens", refere o comunicado.

A empresa garante que está a investigar o assunto, mas considera prudente retirar as imagens.

A decisão surge pouco tempo depois de Kenjiro Sano e da sua empresa terem sido acusados de plágio no logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

No início de agosto, o designer belga Olivier Debie processou o Comité Olímpico Internacional (COI) para tentar impedir a utilização do logótipo dos Jogos Tóquio2020, por entender que este é um plágio de uma obra sua.

Debie alega que o logótipo de Tóquio2020, revelado em julho, é muito idêntico a um que desenhou para o Teatro de Liége.

Na sequência da polémica gerada pelas declarações de Olivier Debie, Kenjiro Sano, garantiu que o desenho é uma obra sua.

"O desenho nasceu da minha imaginação, é uma obra da minha", disse, considerando que as acusações de plágio são "tristes e infelizes".

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.