sicnot

Perfil

Desporto

Fenerbahçe, de Vítor Pereira, estreia-se com triunfo na Liga turca

O Fenerbahçe, treinado por Vítor Pereira e com três portugueses no 'onze', venceu hoje o Eskisehirspor, por 2-0, no primeiro jogo da edição 2015/16 da Liga turca de futebol.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Depois da eliminação na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, diante dos ucranianos do Shakhtar Donetsk, o Fenerbahçe estreou-se com um triunfo no campeonato, num encontro decidido no período de descontos da primeira parte.

O senegalês Moussa Sow (45+1 minutos) e o brasileiro Fernandão (45+3) marcaram os golos da equipa de Istambul, que teve no 'onze' Bruno Alves, Raul Meireles e o reforço Nani.

Vítor Pereira fez ainda alinhar de início o senegalês Abdoulaye Ba, emprestado pelo FC Porto, e os antigos jogadores dos 'dragões' Souza e Diego.

Lusa

  • Um retrato devastador do "pior dia do ano"
    2:47
  • Um olhar sobre a tragédia através das redes sociais
    3:22
  • "Estão a gozar com os portugueses, esta abordagem tem de mudar"
    6:45

    Opinião

    José Gomes Ferreira acusa as autoridades e o poder político de continuarem a abordar o problema da origem dos fogos de uma forma que considera errada. Em entrevista, no Primeiro Jornal, o diretor adjunto da SIC, considera que a causa dos fogos "é alguém querer que a floresta arda". José Gomes Ferreira sublinha que não se aprendeu com os erros e que "estão a gozar com os portugueses".

    José Gomes Ferreira

  • "Os portugueses dispensam um chefe de Governo que lhes diz que isto vai acontecer outra vez"
    6:32

    Opinião

    Perante o cenário provocado pelos incêndios, os portugueses querem um chefe de Governo que lhes diga como é que uma tragédia não volta a repetir-se e não, como disse António Costa, que não tem uma fórmula mágica para resolver o problemas dos fogos florestais. A afirmação é de Bernardo Ferrão, da SIC, que questiona ainda a autoridade da ministra da Administração Interna para ir a um centro de operações, uma vez que é contestada por toda a gente.

  • Portugal precisa de "resultados em contra-relógio, após décadas de desordenamento florestal"
    1:18