sicnot

Perfil

Desporto

Benfica vai processar Jorge Jesus em 7,5 milhões de euros

O Benfica confirmou esta segunda-feira que não pagou o último salário a Jorge Jesus e vai pedir uma indemnização de 7,5 milhões de euros, alegando que o treinador rescindiu unilateralmente o contrato que o ligava às 'águias'.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Miguel Vidal / Reuters

"Seria estranho o Benfica pagar um mês em que um seu funcionário não apenas não trabalhou mas, pior, trabalhou para outra entidade. Mas não é apenas isto que está em causa, a verdade é que, perante um contrato válido, houve uma das partes que o denunciou de forma unilateral e sem justa causa, portanto o Benfica vai agir na defesa dos seus interesses pela via que dispõe, que é a via judicial", afirmou o diretor de comunicação do Benfica ao jornal Expresso.

Foi assim que João Gabriel justificou o não pagamento do último salário ao ex-técnico do Benfica, agora treinador do Sporting, classificando a atitude do treinador de "chico-espertismo" e acusando-o de ser um "deslumbrado que acha que o mundo gira todo à volta dele, que entende que é melhor do que [José] Mourinho, mas nunca conseguiu nada de relevante na Champions".

Para sustentar a sua 'tese', João Gabriel relembra o anúncio do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, feito a 5 de junho, que confirmava Jesus como novo treinador dos 'leões', sendo que o contrato com o Benfica apenas terminava no final do mesmo mês e questiona a inexistência de um contrato com o clube rival nessa data.

O diretor de comunicação do Benfica disse ainda que, durante esse mesmo mês, em que oficialmente ainda seria funcionário do clube, Jorge Jesus passou oito horas a trabalhar na academia do Sporting, em Alcochete, ainda que no contrato assinado com o clube de Alvalade a data oficial do início do seja 01 de julho.

"Um contrato não deve ser encarado de forma leviana e com o chico-espertismo de quem acha que tudo lhe é permitido. Sendo pública a rutura contratual por parte de um dos seus funcionários, não poderia o Benfica deixar de agir na defesa dos seus direitos. Ninguém compreenderia que assim não fosse", disse.

João Gabriel considera por isso "normal" que o Benfica recorra aos tribunais quando há divergências deste sentido e que nesse sentido o clube tudo fará para defender os seus interesses, pois considera que além dos factos a ação do clube encarnado se baseia em "provas abundantes".

Treinador do Benfica nos últimos seis anos, Jorge Jesus deixou o clube como bicampeão nacional e rumou ao grande rival lisboeta, ao serviço do qual já ganhou a Supertaça, precisamente em confronto com os 'encarnados' (1-0).

Com Lusa

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Pyongyang cria vídeo a simular ataque a navios dos EUA
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos da América pretendem reforçar as sanções à Coreia do Norte e investir nos esforços diplomáticos. Contudo, a tensão militar persiste. Pyongyang emitiu um vídeo em que simula um ataque a navios norte-americanos.

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.