sicnot

Perfil

Desporto

João Moutinho e Hélder Costa fora das opções do Mónaco por lesão

O futebolista português Hélder Costa vai parar dois meses devido a uma lesão no pé direito, enquanto João Moutinho continua a recuperar de uma lesão no tornozelo direito, anunciou esta sexta-feira o Mónaco no sítio oficial da internet.

João Moutinho, de 28 anos e que inicia a terceira época no clube do principado, continua a recuperar de uma lesão no tornozelo direito, que obrigou à sua substituição no empate caseiro frente ao Lille (0-0), referente à segunda jornada da 'Ligue 1'. (Arquivo)

João Moutinho, de 28 anos e que inicia a terceira época no clube do principado, continua a recuperar de uma lesão no tornozelo direito, que obrigou à sua substituição no empate caseiro frente ao Lille (0-0), referente à segunda jornada da 'Ligue 1'. (Arquivo)

© Action Images / Reuters

"Hélder Costa foi operado a uma fissura no quinto metatarso do pé direito e enfrenta um período de paragem de dois meses, enquanto João Moutinho continua a recuperar de uma lesão no tornozelo direito", lê-se em comunicado publicado pelo Mónaco, da I Liga francesa

Hélder Costa, de 21 anos e que chegou esta temporada aos monegascos, por empréstimo do Benfica, fica de baixa pelo menos até meados de outubro, desfalcando assim o plantel às ordens do técnico português Leonardo Jardim.

João Moutinho, de 28 anos e que inicia a terceira época no clube do principado, continua a recuperar de uma lesão no tornozelo direito, que obrigou à sua substituição no empate caseiro frente ao Lille (0-0), referente à segunda jornada da 'Ligue 1'.

O Mónaco, que conta também com os portugueses Ricardo Carvalho, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro no plantel, desloca-se no sábado a Toulouse para defrontar a equipa local, em jogo da terceira jornada da 'Ligue 1', na qual não vai contar com Hélder Costa e João Moutinho.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.