sicnot

Perfil

Desporto

Benfica diz não ser responsável por atos ilícitos de ex ou atuais funcionários

O Benfica salientou hoje não ser responsável "pela prática de atos ilícitos dos seus ex ou atuais funcionários fora das suas competências profissionais", em alusão à detenção de um seu ex-funcionário por tráfico de droga.

LU\303\215S FORRA

Hoje, o Jornal de Notícias avançou com a informação de que a Polícia Judiciária (PJ) fez buscas no Estádio da Luz e deteve um homem que era funcionário do clube e estava referenciado como diretor do departamento de apoio aos jogadores.

A 31 de julho, a PJ já tinha anunciado, em comunicado, a detenção de duas pessoas e a apreensão de 9,5 quilos de cocaína, no âmbito de uma operação que visou desmantelar um grupo organizado de tráfico de droga.

O Benfica confirma que, no âmbito de uma investigação, "a Polícia Judiciária deteve em Sintra um ex-funcionário" e que a polícia contou desde logo com a colaboração do clube, algo que garante que continuará a acontecer, tendo os investigadores tido "acesso ao antigo espaço que o referido ex-funcionário ocupava no estádio".

A PJ adiantava, no mesmo comunicado, que a "organização criminosa" era composta por portugueses que se dedicavam "à importação de produto estupefaciente para território nacional desde a América do Sul, por via aérea" e que os detidos, com 54 e 58 anos, ficaram em prisão preventiva.

Segundo o JN, "para o Ministério Público de Sintra, que é titular do inquérito criminal, e para os investigadores da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, é clara a ligação de José Carriço ao Benfica", e que terá sido registada diversas vezes a entrada de cidadãos colombianos no Estádio da Luz, a pretexto de reuniões com o ex-funcionário.

O clube da Luz diz que não tolerará o que considera ser a forma "leviana, incorreta e cheia de insinuações" como a informação tem vindo a ser divulgada e que irá denunciar nos meios e locais adequados a devida compensação por aquilo que diz ser uma "reiterada violação do direito ao seu bom-nome".

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.