sicnot

Perfil

Desporto

Hoje é dia de ver Nelson Évora lutar por medalha nos mundiais

Nelson Évora disputa hoje a final do triplo salto dos Mundiais de atletismo, em Pequim, no mesmo local onde há sete anos conquistou a medalha de ouro olímpica.

© Dominic Ebenbichler / Reuters

O português não é apontado como candidato aos dois primeiros lugares - tal é a vantagem do cubano Pichardo e do norte-americano Taylor - mas na luta para o terceiro lugar há que contar com ele, como provou nas qualificações de quarta-feira.

Évora - este ano campeão da Europa ''indoor'' - aparece na final, que começa às 12:10 de Lisboa, com a sexta marca do ano entre os participantes, 17,24, não muito distante do norte-americano Omar Craddock (17,53 e dos russos Lyukman Adams (17,34, campeão do mundo em pista coberta) e Dimitry Sorokin (17,29).

O cubano Pedro Pablo Pichardo (18,08) e o norte-americano Christian Taylor (18,06) parecem de facto 'inacessíveis', prometendo uma luta inédita em Mundiais, já que nunca antes houve dois triplo saltadores para lá dos 18 metros, em simultâneo.

Na final dos 200 metros masculinos voltam a encontrar-se o jamaicano Usain Bolt e o norte-americano Justin Gatlin, respetivamente primeiro e segundo nos 100 metros, em Pequim.

Esta época, Gatlin está muito à frente, com 19,57 segundos, e Bolt, campeão em título, tem mesmo um tempo menos bom que o panamiano Alonso Edward.

Lusa

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.