sicnot

Perfil

Desporto

Messi recupera "coroa" de melhor na Europa, rumo à quinta "Bola de Ouro"

O argentino Lionel Messi recuperou em 2014/15 a sua melhor versão, recuperando, com toda a naturalidade, o estatuto de melhor futebolista do Mundo, que lhe valeu, para já, o prémio de melhor a atuar na Europa.

Cristiano Ronaldo e Messi são de novo candidatos ao prémio de melhor jogador da UEFA, na época passada. (Arquivo)

Cristiano Ronaldo e Messi são de novo candidatos ao prémio de melhor jogador da UEFA, na época passada. (Arquivo)

© Paul Hanna / Reuters

Como 'anunciado', Messi bateu o seu companheiro de equipa Luis Suárez e o português Cristiano Ronaldo, vencedor do troféu em 2013/14, e tornou-se, quatro anos depois, o primeiro a repetir o triunfo no 'UEFA Best Player in Europe Award'.

Os 62 golos e as 31 assistências, em 67 encontros, explicam a sua extrema influência no 'triplete' do FC Barcelona (Liga dos Campeões, Liga espanhola e Taça do Rei) e na campanha da Argentina até à final da Copa América.

Para sua enorme tristeza, voltou, um ano depois da derrota na final do Mundial (com a Alemanha, no prolongamento), a falhar o primeiro título com a seleção principal da Argentina, desta vez nos penáltis, perante o anfitrião Chile.

Este desaire não 'mancha', porém, tudo o que conseguiu em 2014/15, sobretudo nos momentos decididos, em que apareceu em todo o seu esplendor, estendendo a 'passadeira' a nova época se sonho do 'Barça', no primeiro ano de Luis Enrique.

O primeiro grande momento aconteceu na primeira mão das meias-finais da 'Champions', ao 'arrumar' o Bayern Munique (3-0) com dois golos e uma assistência -- para Neymar -- nos últimos 13 minutos, com um segundo tento para a 'lenda'.

Na Liga espanhola, o 'Barça' foi pressionado até final pelo Real Madrid e só selou o título na 37.ª e última jornada: era preciso vencer na casa do então campeão Atlético de Madrid e o argentino tratou do 'assunto' (1-0), aos 65 minutos.

Depois, foi 'gigante' na final da Taça do Rei, com novo 'bis', agora face ao Athletic (3-1). No 'neutro' Nou Camp, Messi inaugurou o marcador com novo golo de antologia, em que fintou meia equipa basca antes de 'fuzilar' de pé esquerdo.

No seu último jogo da época pelo 'Barça', somou em Berlim a sua quarta 'Champions' e a novidade foi não ter marcado, mas, mesmo sem qualquer assistência, teve participação decisiva nos três golos que derrotaram a Juventus (3-1).

A finalizar a temporada, Messi levou a Argentina à final da Copa América, mas não conseguiu fazer a diferença face ao anfitrião Chile, que, após 120 minutos sem golos, venceu por 4-1 nos 'penáltis' -- só o '10' marcou pelos 'albi-celestes'.

Já na presente temporada, o argentino levou o FC Barcelona a um quarto troféu em 2014, ao 'bisar' (dois golos de livre direto perante Beto) face ao Sevilha (5-4, após prolongamento) e perdeu a Supertaça espanhola, face ao Athletic.

Face ao que já produziu, ao prémio de melhor da Europa deve seguir-se, em janeiro, a quinta 'Bola de Ouro', depois de dois triunfos de Cristiano Ronaldo, que não 'poderá', assim, e como pretendia, igualar as quatro 'coroas' do argentino.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC