sicnot

Perfil

Desporto

Alessandro Nesta apresentado como novo treinador do Miami FC

O antigo futebolista Alessandro Nesta foi esta segunda-feira apresentado como novo treinador do Miami FC, anunciou o clube da II divisão norte-americana nas suas páginas oficiais das redes sociais.

© Paolo Bona / Reuters

"Estamos orgulhosos de anunciar Alessandro Nesta como novo treinador! Bem-vindo ao nosso clube", lê-se nas páginas oficiais do Miami FC.

O antigo internacional italiano, de 39 anos, que jogou na Superliga indiana em 2014/15, ao serviço do Chennaiyin, vai assim 'abraçar' uma nova carreira profissional.

"Estou muito feliz com esta nova experiência. Não vejo a hora de começar!", afirmou o antigo defesa-central, também na sua página oficial do Twitter.

Nesta, que começou a carreira na Lazio, representou também o AC Milan durante dez temporadas, entre 2002 e 2012, antes de se transferir para o futebol canadiano, no qual jogou durante dois anos no Impact Montréal.

Após uma temporada na Superliga Indiana, na qual disputou apenas quatro jogos, Nesta, que foi campeão do Mundo em 2006, inicia assim a sua carreira de treinador, num clube cujo coproprietário é o também italiano Paolo Maldini, antigo companheiro nos 'rossoneri'.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.