sicnot

Perfil

Desporto

Autor pediu a retirada do logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020

O autor do logótipo dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Kenjiro Sano, pediu à organização para o retirar, a fim para proteger a sua família e empregados, cuja privacidade estava a ser violada na sequência das acusações de plágio.

Reuters

"Tomei a decisão [de retirar o logótipo] por considerar que era difícil continuar com esta situação e por querer proteger a minha família e os meus empregados", explicou Sano, em comunicado divulgado por vários órgãos de comunicação japoneses.

Sano tornou pública a sua decisão um dia depois de o comité organizador dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 ter anunciado que iriam retiram o logótipo oficial da competição, na sequência das acusações de plágio.

O logótipo criado por Sano está envolto em polémica desde finais de julho, poucos dias antes da sua apresentação, altura em que o belga Olivier Debie acusou o desenho de ser plagiado.

Debie diz que o logótipo nipónico é demasiado semelhante ao que criou em 2013 para o teatro de Liège, razão pela qual apresentou uma queixa perante a justiça belga, acusando Sano de plágio.

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.