sicnot

Perfil

Desporto

Martial diz que a familia tem 'medo' dos valores envolvidos na sua transferência

O futebolista francês Anthony Martial disse esta quarta-feira que a sua família "tem um pouco de medo" do montante envolvido na sua transferência para o Manchester United, num negócio estimado em 80 milhões de euros.

Martial, de 19 anos, que foi confirmado na terça-feira como reforço dos 'red devils', proveniente do Mónaco, disse que vai permanecer "concentrado", apesar do valor da sua transferência. (Arquivo)

Martial, de 19 anos, que foi confirmado na terça-feira como reforço dos 'red devils', proveniente do Mónaco, disse que vai permanecer "concentrado", apesar do valor da sua transferência. (Arquivo)

© Eric Gaillard / Reuters

"A minha família está muito contente pela transferência para o Manchester United, embora tenha algum receio dos valores envolvidos na mesma", afirmou o avançado gaulês, na sua primeira conferência de imprensa ao serviço da seleção francesa.

Martial, de 19 anos, que foi confirmado na terça-feira como reforço dos 'red devils', proveniente do Mónaco, disse ainda que vai permanecer "concentrado", apesar do valor da sua transferência.

"Não sei se valho esse montante, pois é um pouco 'louco' para um jogador da minha idade. No entanto, isto é o 'mercado' do futebol e tento abstrair-me, mantendo-me concentrado na minha 'bolha'", acrescentou o jovem jogador.

O avançado foi convocado pela primeira vez pelo selecionador gaulês Didier Deschamps e pode estrear-se como internacional frente a Portugal, no jogo particular de sexta-feira, em Lisboa.

"Foi difícil gerir as emoções de ser convocado para a seleção francesa e da transferência para o Manchester United. No entanto, é um verdadeiro sonho estar aqui na seleção de França", disse ainda o avançado, que foi orientado na temporada passada pelo português Leonardo Jardim.

Lusa

  • Infarmed muda-se para o Porto

    País

    A sede da Autoridade Nacional do Medicamento vai ser deslocalizada de Lisboa para o Porto. O anúncio acontece um dia depois da Cidade Invicta ter sido eliminada da corrida para acolher a nova sede da Agência Europeia do Medicamento.

  • Racionamento da água é medida de último recurso
    2:35
  • "Estamos Vivos": o processo de reabilitação depois dos incêndios
    1:22
  • Juiz deixa suspeito de violação em liberdade
    2:42