sicnot

Perfil

Desporto

Ali bin Al Hussein volta a candidatar-se à presidência da FIFA

O príncipe jordano Ali bin Al Hussein, antigo vice-presidente da FIFA, anunciou hoje que volta a ser candidato à presidência do organismo, nas eleições marcadas para 26 de fevereiro.

© Muhammad Hamed / Reuters

Ali bin Al Hussein tinha concorrido contra Joseph Blatter no último ato eleitoral, a 29 de maio.

Na altura, o príncipe jordano acabou por abandonar a corrida depois de perder na primeira volta para Blatter, que viria posteriormente a demitir-se depois de 'rebentar' o escândalo de corrupção que assolou o organismo.

"Vou ser claro: quero terminar o que comecei. Fui o único a atrever-se a desafiar Blatter para a presidência da FIFA. Concorri porque acreditei que a FIFA precisa de mudanças. Tive a coragem de lutar por isso, enquanto outros tiveram medo", disse Ali bin Al Hussein no discurso de apresentação de nova candidatura.

O francês Michel Platini, presidente da UEFA, o sul-coreano Chung Mong-Joon, antigo vice-presidente da FIFA, e o ex-futebolista brasileiro Zico já anunciaram que são candidatos às eleições de 26 de fevereiro.

Lusa

  • Seca contribui para a redução de nutrientes no mar e está a afetar a pesca
    2:11
  • Francisco George toma posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa

    País

    O ex-diretor-geral da Saúde, Francisco George toma hoje posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa. Em entrevista à Lusa, manifestou a intenção de criar uma unidade para abastecimento de água potável e redução dos problemas de saneamento em catástrofes como os incêndios deste verão. Além disso, em nome da transparência, vai tornar públicas as contas do organização, incluindo os donativos.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44