sicnot

Perfil

Desporto

Blatter diz que limitação de mandatos é só o primeiro passo na reforma da FIFA

O suíço Joseph Blatter, presidente demissionário da FIFA, defendeu hoje que a limitação de mandatos do presidente é "apenas o primeiro passo" no sentido de reformar o organismo que rege o futebol mundial.

Tsafrir Abayov

Blatter citou o político e filósofo italiano Nicolau Maquiavel para advertir os responsáveis pelo processo de reforma da FIFA, observando que "o novo legislador terá como inimigos todos os que eram beneficiados pelas leis antigas".

O dirigente suíço reagiu na sua crónica semanal na revista do organismo às declarações do presidente da Comissão Independente de Auditoria e Conformidade da FIFA, Domenico Scala, para quem a limitação de três mandatos para a presidência é "o ponto mais importante" do processo de reforma.

Para Blatter, que pouco tempo antes de se demitir tinha sido eleito, aos 79 anos, para o quinto mandato consecutivo, "as palavras do político e filósofo italiano Nicolau Maquiavel vão aplicam-se com propriedade à FIFA nos próximos meses".

Além de ter defendido que a limitação do cúmulo de mandatos é o ponto mais importante da reforma da FIFA, Scala revelou que disse a Blatter, no momento da sua reeleição, que "não devia ter-se candidatado a um quinto mandato".

O Comité de Reforma da FIFA foi constituído na sequência do escândalo de corrupção que abalou o organismo, do qual resultou a detenção de sete dos seus membros e a demissão do seu presidente, pouco tempo após ter sido reeleito para um quinto mandato consecutivo.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.