sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Real Madrid queixa-se dos jogos internacionais "insignificantes"

O treinador do Real Madrid, Rafa Benitez, queixou-se hoje da realização de jogos internacionais "insignificantes", depois de os futebolistas James Rodriguez e Danilo regressarem lesionados das suas respetivas seleções nacionais.

© Michaela Rehle / Reuters

"Sabemos que as situações com as seleções às vezes conduzem a estes problemas. Ter jogadores internacionais faz com que o risco seja maior. Chegavam-nos notícias do Danilo e do James que nos incomodavam um pouco, mas isso acontece. Dois jogadores que jogaram muito bem não vão poder participar [no próximo jogo] e agora temos que tirar o rendimento do resto do plantel", afirmou Benitez.

O Real Madrid desloca-se no sábado a Barcelona para defrontar o Espanyol, partida que conta para a terceira jornada do campeonato às 15:00 (hora de Lisboa), e não vai poder contar com o colombiano James Rodriguez e o brasileiro Danilo, o que fez com que o treinador dos madridistas declarasse que, nestes casos, os clubes devem ser "indemnizados".

"São demasiados jogos, como referi no fórum [de treinadores] em Nyon [Suíça], mas não sou eu que crio as leis, apenas dou a minha opinião como treinador. Vêm-se jogadores que vão disputar jogos insignificantes. Não só os amigáveis, como também os oficiais. Jogos que acabam 7-0 ou 8-0, que, se se fizessem grupos prévios e os melhores jogassem contra os melhores para disputarem a passagem, seria melhor", rematou o treinador espanhol.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".