sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto renova com Hector Herrera até 2019

O internacional mexicano Hector Herrera renovou contrato com o FC Porto por mais duas épocas, ficando vinculado aos portistas até 2019, anunciou hoje o vice-campeão português de futebol na sua 'newsletter' diária.

Hector Herrera

Hector Herrera

© Rafael Marchante / Reuters

"Hoje começamos com notícias frescas: Hector Herrera renovou contrato e o vínculo com o FC Porto é agora até 2019, após acordo para prolongar por mais dois anos o vínculo ao nosso clube", lê-se na nota do FC Porto.

O médio, de 25 anos, chegou ao FC Porto em 2013, proveniente do Pachuca, estando a cumprir a terceira época com a camisola dos 'dragões', com a qual já disputou 81 jogos e marcou 11 golos.

Segundo a mesma informação, foi o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, quem "assinou os papéis" pelo clube, duas semanas depois de ter sido submetido a uma intervenção cirúrgica para retirar a vesícula.

"Foi Jorge Nuno Pinto da Costa quem assinou os papéis pelo lado do FC Porto, o que em si mesmo é também uma boa notícia. O regresso do presidente ficou assinalado ainda com a presença no treino e no almoço com a equipa", escreve ainda o clube na sua 'carta' diária.

Pinto da Costa almoçou ainda com a equipa antes dos jogadores convocados por Julen Lopetequi viajarem para Kiev, onde o FC Porto defronta na quarta-feira o Dynamo, na primeira jornada do Grupo G da Liga dos Campeões.

Já aa capital da Ucrânia, o FC Porto realiza hoje o treino de adaptação no Estádio Olímpico de Kiev, findo o qual Lopetegui e um jogador fazem a antevisão do confronto de quarta-feira.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.