sicnot

Perfil

Desporto

Luke Shaw já foi operado à dupla fratura da perna direita

O futebolista inglês Luke Shaw, do Manchester United, foi hoje operado à dupla fratura na perna direita, sofrida na terça-feira no jogo com o PSV, na jornada inaugural da Liga dos Campeões.

Reuters

O lateral esquerdo, de 20 anos, passou a noite num hospital de Eindhoven, na Holanda, para onde seguiu durante o jogo, que o Manchester United perdeu por 2-1.

Em comunicado, o clube inglês adianta que o defesa inglês continuará no hospital holandês "para prosseguir o início da recuperação".

"O Manchester United está grato pelo excelente tratamento que recebeu e gostaria de agradecer a todos os que mandaram mensagens de apoio", diz o clube.

Luke Shaw saiu de campo aos 24 minutos, após sofrer uma entrada muito dura do defesa mexicano Hector Moreno, num lance em que se viu desde logo que a lesão era grave e que levou a que o jogador tivesse que receber oxigénio.

O diagnóstico inicial acabou por mostrar desde logo que o futebolista sofreu uma dupla fratura da tíbia e do perónio da perna direita.

"É horrível. É uma lesão muito feia. Uma fratura dupla pode demorar seis meses a recuperar, mas nunca se pode dizer com antecedência. No vestiário [o jogador] tinha a máscara de oxigénio e chorei", afirmou na terça-feira o treinador Louis Van Gaal.

Lusa

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.