sicnot

Perfil

Desporto

Antigo presidente do Marselha acusado de corrupção pela justiça francesa

O antigo presidente do Marselha Jean-Claude Dassier é acusado de corrupção e associado a "transferências ilícitas" na gestão clube de futebol, revelou hoje a justiça francesa.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

Segundo o diário L'Equipe, que cita fontes judiciais, Dassier é acusado de falsificação de documentos, conspiração criminosa e gestão danosa, sendo também suspeito de ter recebido cerca de 55 milhões de euros em comissões nas transferências de 14 jogadores.

Presidente do Marselha de 2009 a 2011, Jean-Claude Dassier, segundo apurou a justiça francesa, recebeu dinheiro ilícito em várias transferências de jogadores, estando o nome de Lucho González, contratado no primeiro ano de presidência de Dassier ao FC Porto, por 18 milhões de euros.

Nessa lista, de 14 jogadores, figuram ainda nomes como Morientes, Azpilicueta, Heize, Remy, Gignac ou Ben Arfa.

O inquérito judicial, aberto pela justiça parisiense, levou, inclusive, à detenção do atual presidente do Marselha, Vincent Labrune, e do seu antecessor Pape Diouf, que acabaram por ser libertados sem acusação.

Lusa

  • País

    Caiu um helicóptero que estava a operar no combate aos incêndios em Cabril, no concelho de Castro Daire. As autoridades ainda não terão conseguido chegar ao local da queda. O piloto era o único ocupante do aparelho, que se incendiou logo após a queda.

    Em atualização

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38