sicnot

Perfil

Desporto

Antigo presidente do Marselha acusado de corrupção pela justiça francesa

O antigo presidente do Marselha Jean-Claude Dassier é acusado de corrupção e associado a "transferências ilícitas" na gestão clube de futebol, revelou hoje a justiça francesa.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

Segundo o diário L'Equipe, que cita fontes judiciais, Dassier é acusado de falsificação de documentos, conspiração criminosa e gestão danosa, sendo também suspeito de ter recebido cerca de 55 milhões de euros em comissões nas transferências de 14 jogadores.

Presidente do Marselha de 2009 a 2011, Jean-Claude Dassier, segundo apurou a justiça francesa, recebeu dinheiro ilícito em várias transferências de jogadores, estando o nome de Lucho González, contratado no primeiro ano de presidência de Dassier ao FC Porto, por 18 milhões de euros.

Nessa lista, de 14 jogadores, figuram ainda nomes como Morientes, Azpilicueta, Heize, Remy, Gignac ou Ben Arfa.

O inquérito judicial, aberto pela justiça parisiense, levou, inclusive, à detenção do atual presidente do Marselha, Vincent Labrune, e do seu antecessor Pape Diouf, que acabaram por ser libertados sem acusação.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08