sicnot

Perfil

Desporto

Rússia inicia contagem decrescente para o Mundial 2018

A Rússia deu hoje início à contagem decrescente para o começo do Campeonato do Mundo de futebol de 2018, numa altura em que faltam 1.000 dias para o início da competição.

Pavel Golovkin

"Prometemos organizar uma grande festa desportiva que, estou seguro, ficará na história do desporto e do futebol mundial", declarou o presidente russo, Vladimir Putin.

A cerimónia contou com a presença de alguns ex-futebolistas, como o alemão Lothar Mathaus, o espanhol Fernando Hierro, e o italiano Gianluza Zambrotta e do russo Igor Akinfeev, 'capitão' da seleção russa.

Na Praça Vermelha foi criado um campo de futebol de relva artificial, onde se disputou um torneio entre as seleções da Rússia, Espanha, Alemanha e Itália.

O chefe do Comité Organizador, Alexei Sorkin, aproveitou para garantir que "apesar da profunda recessão da economia russa, os estádios estarão prontos dentro do prazo estipulado".

A organização da prova custará cerca oito mil milhões de euros aos cofres russos e terá início no dia 14 de junho de 2018, no estádio Olímpico Luzhniki, com capacidade para 80 mil espetadores.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.