sicnot

Perfil

Desporto

Rússia inicia contagem decrescente para o Mundial 2018

A Rússia deu hoje início à contagem decrescente para o começo do Campeonato do Mundo de futebol de 2018, numa altura em que faltam 1.000 dias para o início da competição.

Pavel Golovkin

"Prometemos organizar uma grande festa desportiva que, estou seguro, ficará na história do desporto e do futebol mundial", declarou o presidente russo, Vladimir Putin.

A cerimónia contou com a presença de alguns ex-futebolistas, como o alemão Lothar Mathaus, o espanhol Fernando Hierro, e o italiano Gianluza Zambrotta e do russo Igor Akinfeev, 'capitão' da seleção russa.

Na Praça Vermelha foi criado um campo de futebol de relva artificial, onde se disputou um torneio entre as seleções da Rússia, Espanha, Alemanha e Itália.

O chefe do Comité Organizador, Alexei Sorkin, aproveitou para garantir que "apesar da profunda recessão da economia russa, os estádios estarão prontos dentro do prazo estipulado".

A organização da prova custará cerca oito mil milhões de euros aos cofres russos e terá início no dia 14 de junho de 2018, no estádio Olímpico Luzhniki, com capacidade para 80 mil espetadores.

Lusa

  • Alianças do PS marcam discursos no Congresso do PS
    2:51
  • Souto de Moura feliz com distinção na Bienal de Arquitetura de Veneza
    1:10
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos. Depois de um curso intensivo de português durante três meses, os jovens vão iniciar o ano letivo em vários pontos do país.