sicnot

Perfil

Desporto

Robert Lewandowski marcou cinco golos em nove minutos

​O Bayern Munique recuperou hoje de desvantagem e goleou o Wolfsburgo, por 5-1, com cinco golos do polaco Robert Lewandowski, que em nove minutos fez história no campeonato alemão de futebol, na sexta jornada.

© Michael Dalder / Reuters

Com os tricampeões em desvantagem ao intervalo, devido um tento de Caligiuri, aos 26 minutos, Lewandoswki entrou no arranque da segunda parte e teve uma noite de sonho no Allianz Arena, com cinco golos em apenas nove minutos, aos 51, 52, 55, 57 e 60, o último com um pontapé de 'moinho' à entrada da área.

O avançado de 27 anos tornou-se no mais rápido jogador de sempre da Bundesliga a marcar cinco golos, algo que já não acontecia na competição desde 1991/92. Lewandoswki é o 14.º jogador a alcançar este feito no principal escalão germânico e isolou-se na lista dos marcadores, com oito tentos.

No Wolfsburgo, que segue no terceiro posto e sofreu a primeira derrota na prova, o internacional português Vieirinha esteve ausente devido a problemas físicos.

Com este resultado, o Bayern Munique isolou-se provisoriamente na liderança da Bundesliga, com mais três pontos que o Borussia Dortmund, que desloca-se na quarta-feira ao terreno do Hoffenheim, 15.º classificado com apenas um ponto.

Com um 'bis' do bósnio Ibisevic, o Hertha Berlim recebeu a bateu o Colónia, por 2-0, e subiu ao sexto posto, em igualdade pontual com o Hamburgo, que foi vencer por 1-0 ao terreno do Ingolstadt.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.