sicnot

Perfil

Desporto

Rafinha operado com sucesso, mas falha resto da temporada do FC Barcelona

O FC Barcelona, da I Liga espanhola de futebol, anunciou que o brasileiro Rafinha foi operado hoje com sucesso a uma rotura no ligamento cruzado anterior do joelho direito, ficando agora seis meses fora dos relvados.

© Tony Gentile / Reuters

O jogador brasileiro, irmão de Thiago Alcântara, do Bayern de Munique, lesionou-se na passada quarta-feira, no empate 1-1 do FC Barcelona no terreno da Roma, na jornada inaugural da fase de grupos da Liga dos Campeões.

O médico do clube catalão Richard Purna garante que Rafinha necessitará de seis meses de recuperação, falhando assim o resto da temporada.

O campeão espanhol, impedido de inscrever jogadores até janeiro, pediu à Federação Espanhola de Futebol e à FIFA uma exceção para inscrever o turco Arda Turan e substituir o lesionado Rafinha, sendo que ainda não obteve resposta.

Lusa

  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.