sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona goleado (4-1) em Vigo pelo Celta

O Barcelona somou esta quarta-feira a primeira derrota na liga espanhola de futebol, ao perder na quinta jornada frente ao Celta de Vigo, por 4-1, num jogo marcado pelos 'demasiados' erros defensivos da defensiva 'blaugrana'.

Com esta vitória, o Celta soma agora 13 pontos, e subiu à segunda posição, ultrapassando o Barcelona, que segue com 12, à condição, no quarto posto.

Com esta vitória, o Celta soma agora 13 pontos, e subiu à segunda posição, ultrapassando o Barcelona, que segue com 12, à condição, no quarto posto.

© Miguel Vidal / Reuters

A noite de pesadelo catalã começou a ser 'desenhada' aos 26 minutos, graças a um belo golo do avançado espanhol ex-Benfica Nolito, que materializou a superioridade que o Celta vinha tendo na partida aos 26 minutos.

Com o 'barça' balanceado à procura do golo do empate, apareceu o segundo golo da equipa da casa, com Nolito a aproveitar da melhor forma um erro clamoroso de Piqué para isolar Iago Aspas. No frente-a-frente com Ter Stegen o espanhol picou a bola por cima do guardião alemão para fazer o 2-0, aos 30 minutos.

O terceiro golo da equipa da casa, à imagem do segundo, resultou de um desposicionamento da defensiva catalã, aproveitado da melhor forma por Iago Aspas para em contra-ataque voltar a isolar-se perante Ter-Stegen, para fazer o 3-0, aos 56 minutos.

Sem ideias, o melhor que a equipa do Barcelona conseguiu foi reduzir, por Neymar, aos 80 minutos, mas três minutos depois, Guidetti confirmou a noite negra para o 'Barça', ao fazer o 4-1 final.

Com esta vitória, o Celta soma agora 13 pontos, e subiu à segunda posição, ultrapassando o Barcelona, que segue com 12, à condição, no quarto posto.

Nos restantes jogos já terminados, Levante e Eibar empataram 2-2, com a equipa da casa a recuperar de uma desvantagem de 2-0, enquanto o Rayo Vallecano, com Bebe a titular, recebeu e venceu o Sporting Gijón, por 2-1.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".

  • O regresso a casa depois do incêndio no Sardoal
    2:43
  • Cerca de 20 mil portugueses vivem em Barcelona
    1:44